Sexta-feira, 28 de Dezembro de 2007

PELA BANDEIRA...

 

000bhxaz

 


publicado por PNvelhaguarda às 20:50
| Dá o teu bitaite | Todos os bitaites (2)

TRIBUTO AO NOSSO ORGULHO TRIPEIRO!!

 

 

Porque nunca poderemos esquecer as nossas raízes, a cidade que nos viu nascer, a nossa terra, o nosso porto de abrigo...

 

 

A MUI NOBRE, SEMPRE LEAL E INVICTA CIDADE DO PORTO!!

 


publicado por PNvelhaguarda às 20:16
| Dá o teu bitaite

SIMPLESMENTE ARREPIANTE...

 

 

 

Derby grego ( Panathinaikos Vs Olympiakos ) na liga nacional de basket... qualquer coisa de outro mundo...imaginem os jogadores do Olympiakos a jogar naquele ambiente.

 


publicado por PNvelhaguarda às 04:29
| Dá o teu bitaite | Todos os bitaites (2)

BFC PRESENTE NO MEIO DOS RAPAZES DE ABERDEEN

 

 

A nossa amizade com o pessoal de Aberdeen é bastante forte e foi consolidada ao longo do tempo, é prova disso este video já datada do ano passado, em que os nossos amigos escoceces fazem questão de mostrar as nossas cores no jogo fora conta o Rangers.

 

 

Neste blog já por várias vezes demos ênfase a esta amizade :

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/2489.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/34482.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/35084.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/34885.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/143713.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/101279.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/37229.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/37404.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/79235.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/51715.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/62443.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/152649.html

 

http://pnvelhaguarda.blogs.sapo.pt/72970.html

 


publicado por PNvelhaguarda às 00:43
| Dá o teu bitaite
Quinta-feira, 27 de Dezembro de 2007

TORNEIO INTERNACIONAL ( INICIADOS BOAVISTA )

 

Os nossos putos vão marcar presença no prestigiado torneio internacional "CITTA' DI BASTIA TROFEO INTERNAZIONALE FRATELLI MEDICI " , onde terão a oportunidade de defender as nossas cores, mostrar aos restantes a grande qualidade do futebol português e se possivel trazer o "caneco" para o Bessa.

 

 

 

Come è consuetudine con l'avvento del nuovo anno fervono numerosi i preparativi per l'organizzazione del torneo "CITTA' DI BASTIA TROFEO INTERNAZIONALE FRATELLI MEDICI", giunto ormai alla sua ottava edizione.Anche per questo appuntamento saranno sedici le squadre partecipanti, alcune tra le più blasonate d'italia, come A.S. ROMA, F.C. JUVENTUS, A.C. ATALANTA, F.C. EMPOLI, U.C. PALERMO, U.C. SAMPDORIA, A.C. FIORENTINA, S.S. NAPOLI, CAGLIARI CALCIO, F.C. BOLOGNA.Mentre per quanto riguarda le compagini di caratura Europea troviamo confermatissima la squadra russa dello ZENITH di SAN PIETROBURGO, per il resto quattro formazioni alla prima apparizione, gli inglesi del MIDDLESBROUGH, i portoghesi del BOAVISTA, gli spagnoli del REAL VALLADOLID e gli svizzeri del GRASSOPHERS, tutte squadre di caratura elevata per rendere ancora più prestigiosa la posta in palio.A chiudere il tabellone, come ogni anno la formazione del BASTIA S.G. che con orgoglio cercherà di ben figurare. Tutte le società parteciperanno alla manifestazione con la categoria "giovanissimi  '93", la formula del torneo rimane la stessa con quattro gironi composti da quattro squadre che si affronteranno all'italiana nei giorni del 2, 3 e 4 gennaio, le prime di ogni girone accederanno alle semifinali, che si svolgeranno allo stadio "MIGAGHELLI" di Santa Maria degli Angeli(assisi) in una cornice paesaggistica molto suggestiva. Ma è il giorno 6 gennaio, che si raggiungerà il clou della manifestazione con le finali per il 3°/4° posto e con la Finalissima per il 1° posto, ad ospitare i due eventi sarà lo stadio "COMUNALE" di Bastia Umbra. A dimostrazione del fatto che il torneo sta riscuotendo molti consensi a livello nazionale, quest'anno sono pervenute numerose richeste all'organizzazione da parte di club professionistici di poter partecipare, che purtroppo sono state gentilmente declinate a causa del breve arco temporale della manifestazione. Sottolineamo come il torneo abbia aderito all'iniziativa promossa dalla F.I.G.C. del "terzo tempo", in cui tutte le squadre a fine partita in un clima di fair play si stringeranno la mano prima di rientrare nello spogliatoio. Da ricordare come questa edizione verrà constantemente seguita dalla pubblicazione quotidiana di un giornalino distribuito gratuitamente e da tutte le testate giornalistiche regionali e quelle sportive nazionali, nonchè avrà un doppia finestra televisiva a T.E.F. che proporrà giornalmente i servizi delle partite con interviste e classifiche. Quindi non resta che ringraziare il patron del torneo Moreno Marchi che ha anche per qest'anno sapientemente diretto "la giostra" organizzativa e darsi appuntamento al nuovo anno augurando buone feste e soprattutto BUON CALCIO a tutti.....

 



publicado por PNvelhaguarda às 00:21
| Dá o teu bitaite
Quarta-feira, 26 de Dezembro de 2007

SERENATA À CHUVA...

 

000a8wgw

 

Sem duvida uma das noites mais inesqueciveis na história do Boavistão, no final deste jogo em Vidal Pinheiro, o título estava a uns miseros 3 pontos de distância e nós não o deixamos fugir...


publicado por PNvelhaguarda às 04:37
| Dá o teu bitaite

OS GRANDES DERBYS MUNDIAIS

 

 

 

Na entrada do Estádio do Arsenal, a frase que recebe os visitantes, Welcome to Highbury, The Home of Football; em tradução livre, Bem Vindos a Highbury, A Casa do Futebol, bem poderia estar, da mesma forma, na entrada de Londres, uma cidade que respira futebol, povoada de clubes centenários, que, ao longo dos tempos, sempre ocuparam lugar de destaque na I Divisão da Velha Albion. Assim, quase todas as semanas podemos encontrar um derby londrino mas, apesar da actual explosão do Chelsea, nenhum adquire a dimensão lendária do Arsenal-Tottenham.
A norte do rio Tamisa, os quarteirões onde moram Arsenal e Tottenham coexistem sem uma fronteira claramente definida. De um lado, Highbury Park,, do outro White Heart Lane, casa do Tottenham.
No passar do tempo, também se criaram lendas que ligam os clubes a diferentes extractos sociais. Com raízes mais proletárias, os gunners, nome porque é conhecido o Arsenal e que teve origem no facto do clube ter sido fundado, em 1884, por operários de uma fábrica de armamento. Mais elitista, o altivo Tottenham, como a maioria dos seus adeptos, que os rivais descrevem como só bebedores de estrangeira cerveja importada, viajantes de avião e leitores exclusivos do Financial Times e do Antigo Testamento.
Através dos tempos, muitos mitos se criaram em torno destes duelos. Apesar do Tottenham ter ganho o primeiro grande derby da história (um amigável em 1887, por 2-1), no balanço geral, o Arsenal leva vantagem, num domínio que se iniciou em 1909, data do primeiro embate oficial com o Tottenham (vitória por 1-0) e que teve o ponto mais alto com uma goleada, 6-0, em 1935, poucos meses após a morte de Herbert Chapman. Nessa goleada história ainda esteve, porém, a base da equipa do inventor do WM, onde se destacavam dois terríveis avançados, Ted Drake e Cliff Bastin.
Teria de passar quase meio século para o Tottenham devolver semelhante lição. Sucedeu em 83/84, quando os spurs, com um onze onde brilhavam Archibald, Hoddle e Crooks, entre outros, goleou os gunners, em White Hart lane, por 5-0.

 HISTORIAL (Só jogos da Liga)

Jogos: 128 jogos
Vitórias do Arsenal: 50
Vitórias do Tottenham: 45
Empates: 33

 FIGURAS

TED DRAKE (ARSENAL) 

TED DRAKE (ARSENAL)

Em duas épocas consecutivas fez cinco golos ao Tottenham carimbando duas histórias goleadas sucessivas. Em 1934, na goleada por 5-1, fez um hat-trick. Em 1935, bisou no histórica goleada record de 6-0. Era um avançado centro mortífero. O record de sete golos num só jogo pelo Arsenal ainda é seu (em 1935, nos 7-0 ao Aston Villa).
Jogou nos gunners entre 1934 e 1945, mas a guerra roubou-lhe muitos anos. No total, fez 184 jogos e marcou 139 golos pelo Arsenal.

 

 

 

GLENN HODDLE (TOTTENHAM) 

GLENN HODDLE (TOTTENHAM)

Grande figura do forte Tottenham dos anos 80 que, guiado pelo seu elegante futebol desenhado a régua e esquadro, infringiu, em 1984, a maior goleada ao Arsenal da história dos spurs: 5-0. Formado nas escolas do Tottenham, Hoodle, médio de grande recorte técnico, fez quase toda a carreira em White Hart Lane, entre 1975 e 1987, altura em que partiu para o Mónaco.

 


publicado por PNvelhaguarda às 04:01
| Dá o teu bitaite

PETER JEHLE

 

 

 

Quem anda no mundo do futebol, sabe que será sempre arriscado elogiar um jogador do próprio clube e assumi-lo em casos extremos, como um verdadeiro idolo e isto porque não faltam factores para que a nossa opinião mude da noite para o dia...enquanto os adeptos ficam, os jogadores estão simplesmente de passagem, para a esmagadora maioria, o clube que representam é apenas mais uma etapa da sua vida profissional.

Existem no entanto jogadores que deixam marcas por onde passam, cada vez mais é disso exemplo o nosso Guardião Peter Jehle, ele pode não ser nenhum fora de série, no próximo jogo pode até ter uma fraca exibição ( que isso não aconteça ) ou até na próxima época mudar de emblema, contudo e se eu já admirava a sua humildade e entrega, com a entrevista que deu ao jornal "OJogo", subiu e muito na minha consideração, para os mais distraídos transcrevo na íntegra o respectivo destaque dado ao nosso jogador :

 

"Nunca dormi tão mal como na noite do Benfica" 

Se há partes do Mundo em que basta dar um pontapé numa pedra e surge um futebolista, esse não é o caso do Liechtenstein, cujo solo é conhecido por não produzir rigorosamente nada de valioso. E, no entanto, o segundo país mais pequeno da Europa (a seguir ao Vaticano) é um dos mais ricos. O segredo está na consciência da distância a percorrer para poder sobreviver, com qualidade de vida, entre gigantes. É mais ou menos esta a história de Peter Jehle, 25 anos, guarda-redes do Liechtenstein desde os 16 e recente conquistador da baliza axadrezada. Ganhou-a depois de ano e meio de muito trabalho, na noite mais improvável, a da goleada na Luz (6-1), à décima jornada. Aquela que pôs em evidência a fragilidade de uma equipa cuja crise está longe de se resumir à luta para fugir ao fundo da tabela, mas que vai ganhando "confiança". Jehle é um dos rostos da recuperação. Viu-se com a Naval (2-0) e em Braga (0-0).

 

P | Apetece dizer que finalmente chegou o seu tempo na baliza do Boavista. É assim que o sente?
R | De cada vez que jogo sinto-me muito grato, porque conheço o outro lado, sei o que é não jogar. Para mim, é uma honra enorme ser o primeiro guarda-redes do Boavista. Tenho um grande respeito por esta função. Respeito-a muito. É uma honra, a que tentarei dar continuidade. Naturalmente que quero continuar no onze e trabalharei arduamente para isso.

 

P | Concorda que precisava de um jogo como aquele da Naval, em que esteve nos momentos-chave?
R | Sim, sim. Pude ajudar a equipa a ganhar pontos. Por vezes, é disto que um guarda-redes realmente precisa. Um bom guarda-redes pode ajudar a garantir 10/12 pontos por época. É isso que quero muito, em todos os jogos, ainda que nem sempre seja possível.

 

P | Soube bem o momento em que esteve cara a cara com Elivelton?
R | Claro! Ainda faltava muito para o fim do jogo; então, a primeira coisa em que pensei foi: pronto, isto correu bem, agora temos de ver se não concedemos um golo num canto ou qualquer coisa do género. Queria muito ficar com a folha limpa, porque sofri muitos golos, em partidas anteriores. Com o Benfica, foi mesmo muito difícil. Acho que nunca dormi tão mal como nessa noite!

 

P | Foi tão inesperada, aquela goleada. O que aconteceu?
R | Foi… horrível! Realmente horrível. Durante um largo período, fizemos um bom jogo…

 

P | Parecia o melhor do Boavista, até então…
R | Também achei que sim! Estava feliz pelo nosso desempenho, e depois, nos últimos 25 minutos, ficámos à deriva no relvado! Não havia mais equipa, não havia espírito para lutar mais, e isso é o pior que pode acontecer. Sofremos golos atrás de golos, saí do campo completamente arrasado. Mas são coisas que acontecem, vemos jogos em que, de um momento para o outro, uma equipa sofre cinco, seis golos.

 

P | Receou perder o lugar?
R | Não. Achei que não foi por causa de erros meus que sofremos seis golos. É claro que não estava satisfeito, mas, ao analisá-los, em casa, vi que eram situações difíceis. Acreditei que o 'mister' Pacheco me daria outra oportunidade para mostrar que tenho capacidade para ajudar a equipa.

 

P | Por que acha que demorou tanto a ter uma oportunidade? E como resistiu?
R | Por mim, queria estar a jogar há muito mais tempo. Mas, temos de respeitar as decisões do treinador. Sempre o fiz, desejei o melhor para a equipa. Às vezes, ficava muito triste por não poder ajudar, mas dizia para comigo: a situação é esta; só podes mudá-la se deres o teu melhor nos treinos, e talvez um dia tenhas uma oportunidade. É a única coisa que podemos fazer. Qualquer outra via é má escolha: se criamos problemas ou não treinamos bem, só nos magoamos a nós próprios.

 

 "Nóvoa deve ficar farto de me aturar"

ndiferente ao estatuto de titular, que só recentemente conheceu, não é raro Peter Jehle ficar com o relvado só para ele e Vítor Nóvoa, no final do treino, a insistir em determinado exercício com o adjunto em quem vê "um treinador e um guarda-redes com grande capacidade". "Por mim, até gostava de treinar mais e mais com ele, porque me ajuda a evoluir, a ser melhor guarda-redes, mas o tempo é limitado" e "os exercícios de equipa" desviam-no de um investimento ainda maior nesse tipo de preparação. "A partir do momento em que tive a oportunidade de ser futebolista profissional, decidi que queria tirar o máximo de cada dia. É uma carreira muito curta na nossa vida. Passa muito depressa! Quando somos jovens, não nos apercebemos, mas é assim: há quase dez anos que sou profissional e passou tão depressa! Quero aproveitar todos os dias. Às vezes, Vítor Nóvoa diz que quero demais, mas é uma questão de encontrar equilíbrio no que pretendemos. É um treinador muito experiente, deve ficar farto de me aturar! Agradeço cada minuto que podemos trabalhar, com ele e com os outros guarda-redes."

"Temos de ser uma família em que todos se ajudam"


Há alguns anos que o Boavista começou a ser notícia por causa de problemas financeiros, mas, nos últimos meses, a situação agravou-se: João Loureiro abandonou a SAD, falida, nas mãos do novo presidente, Joaquim Teixeira, e deixou para trás uma lista de problemas que não largam o balneário. Houve de tudo a perturbar o quotidiano da equipa. Desde os crónicos salários em atraso à inédita venda de passes de jogadores em hasta pública, tudo ajudou a empurrar o xadrez para o fundo da tabela, de onde Jehle acredita poder sair, com o esforço de todos. Se alguém duvida que a crise tem saída, o Estugarda está aí para o confirmar, conta.

 

P | O Boavista conseguirá deixar o fundo da tabela? Nunca imaginou uma situação destas, quando veio para o clube, pois não?
R | Não, mas isso foi erro meu. Devia ter-me informado melhor, porque já havia alguns problemas, mas eu conhecia o Boavista pela televisão e o que sempre vi foi uma equipa muito boa, organizada. Tinha e ainda tenho muito, muito respeito pelo passado deste clube. Estamos a atravessar uma fase difícil.

 

P | Como é que se resiste a tudo isto? O presidente que abandona, os salários em atraso, os passes vendidos em leilão…
R | Tento confiar muito que as pessoas conseguirão resolver os problemas. Também temos que fazer algo por isso, todos os dias. Podemos ajudar o clube se conseguirmos bons resultados e é para isso que damos o máximo, em cada treino. Temos de nos concentrar nisso. Mesmo que surjam outras coisas, não podemos pensar nisso. Até as pessoas na rua perguntam se recebemos, porque toda a gente sabe o que se passa. Ou seja, não se pode deixar de lidar com os problemas, mas, logo que possível, temos de nos concentrar no nosso trabalho e tentar fazer o melhor pelo Boavista. E, no clube, todos temos de fazer isso, todos. Independentemente de ser o director, o fisioterapeuta, o secretário, o guarda-redes, o treinador ou o avançado, todos têm de se empenhar ao máximo, e só assim poderemos levantar-nos de novo e enfrentar este período difícil. Às vezes, com os sócios, sinto que eles estão muito orgulhosos do clube, esperam mais do Boavista.

 

P | A união é a chave?
R | Neste momento, temos de ser como uma família, em que todos se ajudam. Se começa a haver divisões, será pior. Temos de estar unidos. Temos de ser um, todos os que temos um coração do Boavista. Se for assim, vamos erguer-nos. Em todo o mundo, há clubes que passam por isto! O Estugarda esteve agora na Liga dos Campeões e venceu o campeonato alemão na época passada, mas, há cinco ou seis anos, teve problemas gravíssimos. E resolveu-os. Há centenas de exemplos de clubes que conseguiram reerguer-se, porque as pessoas se uniram e tentaram resistir. Agora, temos de trabalhar todos juntos, muito, muito, muito. Depois, nas férias, descansamos. Agora, é tempo de trabalhar.

 

 "Sinto-me grato por ter este passaporte"


Há nove anos que a pequena selecção que empatou Portugal no apuramento para o Mundial'2006 confia a baliza a Peter Jehle

 

P | Sente que o passaporte é a sua principal limitação? Pelo preconceito de ser o titular do Liechtenstein, uma pequena selecção, em termos futebolísticos, e porque a presença na equipa nacional o impediu, por diversas vezes, de disputar a titularidade?
R | Por um lado, é verdade, porque não há um grande respeito pelo meu país em termos futebolísticos. Não temos grandes sucessos para apresentar…

 

P | Portugal não pode falar muito no que respeita a jogos com o Liechtenstein…
R | [risos] Mas senti-o, especialmente na Suíça. Quando o meu "rival" era suíço, tinha de ser sempre muito melhor do que ele. Se fôssemos iguais… tinha essa desvantagem do passaporte do Liechtenstein. Por outro lado, tenho de admitir que este também representou uma enorme vantagem para mim. Comecei na baliza da Selecção aos 16 anos, tenho 25 e fiz 65 jogos pelo meu país! E isto é algo que não teria conseguido em qualquer outra parte do mundo e que ninguém me pode tirar: a grande experiência que já tenho nesta idade. Já joguei contra as grandes nações do futebol. Só faltam Itália e França. De resto, defrontámos Portugal, Espanha, Alemanha, Inglaterra, Holanda… todas as grandes nações que sonhava defrontar. Sinto-me muito grato por ter este passaporte, que me permitiu tal e me fez evoluir como. Além disso, quando não jogava no clube, a Selecção deu-me motivação, permitia-me jogar ao mais alto nível.

 

P | Mas não sentiu, em certas alturas em que foi chamado à selecção, que, se tivesse ficado no Boavista, isso poderia tê-lo ajudado a ganhar a baliza?
R | Não sei dizer. O treinador sabe como é importante um jogador ser chamado a jogar pelo seu país e tem muito respeito por isso. Por outro lado, claro que por vezes poderia ser bom ficar e lutar pelo lugar, mas a Selecção é muito importante para mim.

 

P | E o Liechtenstein está a melhorar…
R | Este ano, fizemos sete pontos. Não é mau para um país de 35 mil habitantes

Vencedor aos 16 anos

Peter Jehle tem 25 anos, mas já é quase um veterano na baliza do Liechtenstein. A história da estreia faz parte da do próprio futebol da terra natal, que soube o que era ganhar com um menino de 16 anos na baliza: "Era muito novo, mas o seleccionador, que era alemão, achou que já estava pronto para jogar e deu-me essa oportunidade. No meu primeiro jogo, conseguimos a primeira vitória de sempre numa fase de qualificação para o Campeonato do Mundo, contra o Azerbaijão. Pensei que devia parar por ali: seria o único guardião invencível do Liechtenstein! [risos] Mas continuei..." Até hoje, o lugar é dele, e pontuar já não é tão raro assim para aquela nação.

Operário fabril na adolescência

São apenas 76 quilómetros de fronteira, repartidos com a Suíça e a Áustria, parte dos quais desenhado pelo curso do Reno. De ponta a ponta, o Liechtenstein atravessa-se em 20 minutos - pela auto-estrada suíça, que fica a 200 metros da linha que marca a identidade do principado. A independência de uma parcela de terra tão pequena tem uma explicação prosaica: "Éramos tão pobres que ninguém estava interessado no nosso solo." A não ser para lutar. Sem riquezas naturais, o Liechtenstein decidiu criá-las, e, em meio século, desapareceu o "país pobre de agricultores" e nasceu uma das nações mais ricas da Europa, onde o rendimento médio dos cidadãos ultrapassa os números da Suíça - o vizinho do qual adoptou a inabalável moeda.

Peter Jehle é filho desse espírito empreendedor do Liechtenstein. O pai era operário da Hilti, onde o guarda-redes também foi "aprendiz", aos 15 anos. A jornada de trabalho era de 8h45 diárias, bem pagas no final do mês. "Sabemos que temos de trabalhar muito para ter uma certa qualidade de vida, porque, de resto, não temos petróleo, nem diamantes, nem ouro… A única coisa que temos é água. Tudo o resto, temos de importar. Então, temos de nos esforçar para produzir bens, vendê-los e ganhar dinheiro". Além disso, continua, têm "os bancos", que imitam a bondade dos suíços nas perguntas que não fazem aos clientes, e uma política que facilita a implantação de empresas - condições propícias à lavagem de dinheiro, o que o Liechtenstein promete combater de futuro.

 

 

 


publicado por PNvelhaguarda às 01:59
| Dá o teu bitaite
Segunda-feira, 24 de Dezembro de 2007

Lampiões do Norte 0 Vs BOAVISTA FC 0

 

 

Mais uma vez os Panteras Negras marcaram presença na pedreira de Braga para apoiarem juntamente com os restantes adeptos axadrezados o grandioso BOAVISTA FC, seriam cerca de 400 os "remendados" presentes no Municipal.

Durante todo o jogo os cânticos de incentivo aos nossos jogadores não pararam e fizemos ver a todos os bracarenses bi-clubistas que a familia axadrezada está unida e pronta para defender o nosso clube até onde for necessário.

A excelente postura combativa do Boavista conseguiu ocultar algumas deficiências técnico/tácticas da nossa equipa e se num passado recente, o nulo frente aos aldeões de Braga seria um mau resultado, actualmente e perante a realidade que vivemos, temos que reconhecer que amealhar um ponto já não é nada mau.

Uma coisa tenho a certeza, se o Boavista tivesse os apoios que o Braga tem ( até a luz do estádio deve ser a Câmara Municipal a pagar ), o nosso objectivo principal não seria lutar pelo titulo nacional, mas sim pelo titulo europeu.

Por ultimo, resta-me dizer que lançar pedras para a bancada e fugir é de cobardes, mas como quem anda à chuva molha-se, pode ser que no próximo jogo no Bessa haja um dilúvio...mas sem "objectos voadores", porque como diz o nosso lema, nos ultras axadrezados não há lugar para os fracos...

 

000b5bf2

000b7c3c

 

000b6ae7

000b4ge3

 

000b8bdr

000b9rph

 

000bb7gx

000bc7ey

 

000batyh

 

"ASSIM SE VIVE ULTRA!! "


publicado por PNvelhaguarda às 04:14
| Dá o teu bitaite | Todos os bitaites (12)

EQUIPA DO BOAVISTA FC ( ÉPOCA 1935/36 )

 

000bda77

 


publicado por PNvelhaguarda às 03:33
| Dá o teu bitaite
Domingo, 23 de Dezembro de 2007

BOAVISTA Vs Rosenborg ( LIGA CAMPEÕES 1999 )

 

 

O resultado não foi nada agradavel, já que perdemos por 2-0 e os comentários são em norueguês, mas só pelo facto de se ouvir a musica da champions no estádio do Bessa, já vale a pena ver o video.

 


publicado por PNvelhaguarda às 04:54
| Dá o teu bitaite

NO COMMENTS...

 


publicado por PNvelhaguarda às 04:22
| Dá o teu bitaite | Todos os bitaites (1)
Sábado, 22 de Dezembro de 2007

Lampiões do Norte Vs BOAVISTA FC

 

  Vs Image

 

 

DOMINGO TODOS A BRAGA!! NÃO FALTES!!

 


publicado por PNvelhaguarda às 00:39
| Dá o teu bitaite | Todos os bitaites (2)

BOAVISTA FC Vs porto ( FINAL TAÇA PORTUGAL )

 

 

Foto histórica de um dia ainda mais histórico, comemos os "escaravelhos" por 2-1 e trouxemos o caneco para casa. ( ÉPOCA 91/92)

 

In http://pantera12.blogspot.com/

 

DEUS É DO BOAVISTA!!


publicado por PNvelhaguarda às 00:31
| Dá o teu bitaite
Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

EQUIPA BOAVISTA FC ( ÉPOCA 86/87 )

 

0007ey8g

 


publicado por PNvelhaguarda às 00:13
| Dá o teu bitaite

RIR FAZ BEM - "FUTEBOLICES NO NOSSO BURGO"

 

 


publicado por PNvelhaguarda às 00:06
| Dá o teu bitaite
Terça-feira, 18 de Dezembro de 2007

DESLOCAÇÃO A FARO ( ÉPOCA 95/96 )

 

000afqwq

 

000agc7y

 

Na minha memória mantém-se a recordação da nossa "visita" às lojas de turismo de Albufeira, o que nos valeu uma visita à esquadra local.

Do material recuperado pela policia, fica para a história o que constava na mala da nossa mitica Lili, que aproveitando a confusão, decidiu levar uns souvenirs de uma sex shop, do stock apreendido constava algemas, chicotes e alguns cremes de massagem, escusado será dizer que a risada foi geral...

 


publicado por PNvelhaguarda às 21:38
| Dá o teu bitaite

VENHAM MAIS DESTAS!!

 

 

Agora que vencemos a batalha "Naval" com dois balázios no adversário, é tempo de preparar a táctica para derrubar o próximo.

 

RUMO À TRANQUILIDADE!!


publicado por PNvelhaguarda às 20:40
| Dá o teu bitaite | Todos os bitaites (1)
Sábado, 15 de Dezembro de 2007

RECORDAÇÕES DO "SALÃO ANGOLA"

 

000a60tr

 

Uma casa da noite da cidade Invicta que nunca mais foi a mesma desde que a panterada deixou de a frequentar.


publicado por PNvelhaguarda às 23:35
| Dá o teu bitaite
Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007

DOMINGO TODOS AO BESSA !!

 

BOAVISTA - Naval

 

 

In www.panterasnegras.net

 


publicado por PNvelhaguarda às 00:55
| Dá o teu bitaite | Todos os bitaites (2)

Pesquisar neste blog

 

Visitas

Setembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


Sempre Presente

últ. comentários

Em cima, da esquerda para a direita: Granja; Alcin...
Não deixa de ser uma grande equipa, espero que o m...
E quem ganhou o II Torneio Ibérico? FCPorto. Grand...
O 4º e o 5º, em pé, a contar da esquerda, são, res...
Grande equipa! Em cima, da esquerda para a direita...
O I TORNEIO IBÉRICO DE FUTEBOL JUNIOR ocorreu no a...
Esta equipa do Boavista F. C. é da época de 1954-5...
Boavista F. C. - Época de 1964-65
Esta equipa do Boavista F. C. não é dos anos 40! É...
Gostei bastante de ler este blog... e que tal uma ...

PN Bitaites


Links

Arquivos

Setembro 2012

Agosto 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Desde 21/01/08

Web Statistics

subscrever feeds

eXTReMe Tracker